Lista do dia: 7 comidas da madrugada

Sabe a fome que bate após uma noite agitada? Depois de exagerar na cerveja, vodka e nas dancinhas provavelmente traumatizantes? A fome de antes de chegar em casa, saciada por aquele lugar com comida de procedência duvidosa, ou que estão abertos 24 horas atendendo a necessidade dos mortos de fome da madrugada? Essa lista visa não só expor as comidas da madrugada que salvaram o autor da fome, como agradecer aos donos de tais estabelecimentos:

7. Pizza

Quem mora no Rio de Janeiro deve até imaginar de qual pizzaria 24 horas no Leblon eu estou falando. Mas o fato é que muitas noites terminam em pizza. Numa pizza bem comida, que não só retira parte do efeito do álcool com seu queijo derretido, como prepara nossos estômagos para as horas de sono antes do dia seguinte. Pizza pode não ser minha comida favorita, mas no meio da madrugada é o néctar dos deuses ver aquele luminoso da pizzaria e sentir o cheiro de comida.

6. X-tudo

Sucesso absoluto no interior, e também presente nas grandes capitais, esses trailers não aprovados pela anvisa merecem um prêmio da Unesco pela quantidade de bêbados esfomeados que eles alimentam à noite. Provavelmente eles fornecem mais proteínas, gordura e bactérias necessárias para nossa sobrvivência que muita ONG por aí e só por isso merecem meu respeito. Nunca se sabe quando um desses trailers xexelentos salvará minha vida da fome absoluta.

5. Canja de Galinha

Como eu me lembro daquelas noites de mil novecentos e alguma coisa, que nós saíamos numa cidade entre Rio de Janeiro e São Paulo a bordo de camionete Ford F-1000 e depois da noite badalada parávamos para tomar canja de galinha. Inexiste sensação melhor para aquelas noites de inverno da serra da Mantiqueira. Talvez a pipoca com queijo, mas mesmo assim. Canja de Galinha no pós noite tem parte do meu coração. Pra sempre.

4. Temaki

Virou febre aqui perto de casa. Gastar quase dez dinheiros em um temaki é quase de lei antes de ir domir. Está sempre aberto, sempre com gente, sempre à disposição. O salmão sempre fresco e bastante molho shoyu. Melhor eu parar de escrever antes que eu desça e coma mais dois temakis pelo olho da cara.

3. Hot Dog

O mais clássico dos clássicos. Se o X-tudo virou febre, ele deve sua fama e proliferação ao hot dog. Com versões com purê de batata, ou simples molho vermelho, ervilha, milho e batata palha, é impossível estar longe de algum lugar que vende hot dog de madrugada. Nas esquinas do mundo, eles estão lá, nos esperando, prontos para serem devorados com vigor.

2. O que tiver na geladeira, ou no armário

Pode ser Miojo, Pipoca, Trakinas, Sorvete. Pode ser uma mistura de atum, maionese e batata palha, restos do almoço e do jantar misturados e esquentados no microondas. O importante é que sacie nosso estômago, que alimente nossa alma e que não nos lembremos no dia seguinte.

1. Kebab

Se no Brasil o X-tudo e Hot Dogs são donos da noite, na europa são as lojinhas de Kebab. O churrasco grego xexelento é líder europeu das comidas de rua do pós balada. E chega a ter até versões mais chiquezinhas para o público classe AA++ plus premium. Mesma receita no entanto, mesmo teor de gordura, mesma satisfação. Uma pena que aqui no Brasil ainda falta um pouco de divulgação… Mas parte de mim ainda prefere a canja de galinha.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s