Lista do dia: 10 clássicos infanto-juvenis nacionais da sessão da tarde

10. O Mistério de Robin Hood (1990)

Didi interpretava uma versão circense do famoso arqueiro neste filme. A enjoadinha Duda Little era uma menina mimada que havia sido sequestrada e acaba virando parceira do Robin Hood brasileiro. Xuxa era o par romântico, interpretando uma acrobata do circo. O filme era típico dos trapalhões, mesclando humor e aventura. Não encontrei nenhum vídeo do filme no youtube, a não ser um making off com péssima imagem que foi ao ar no vídeo show antes do filme estreiar no ano de 1990.

09. Mônica e a Sereia do Rio (1987)

Nesta animação dos quadrinhos de Maurício de Souza, Mônica e Cebolinha encontram uma sereia em um lago. Cebolinha planeja levá-la para a televisão e ficar famoso por ter encontrado uma sereia de verdade, mas Mônica discorda do seu plano e liberta a sereia que retorna ao rio.

8. Super Xuxa contra o Baixo Astral (1988)

Na década de 80 Xuxa reinava nas manhãs apresentando o Xou da Xuxa. O filme Super Xuxa contra o baixo astral foi filmado no Rio de Janeiro e eu pude ver uma das cenas sendo gravada na praia de Ipanema (onde as crianças pintavam um muro de um posto de gasolina no início do filme). A história de Xuxa tentando salvar seu cachorrinho das garras do Baixo Astral (Guilherme Karan fazendo papel de um vilão underground) contava com a participação do Trem da Alegria e de Jonas Torres, famoso na década por interpretar Bacana, o parceiro de Juba e Lula em Armação Ilimitada. O uso de efeitos especiais da época, músicas no meio do filme e fantoches hoje em dia pode parecer cômico e datado, mas o filme foi um sucesso de bilheteria na época.

7. Uma escola atrapalhada (1990)

Os Trapalhões eram apenas coadjuvantes nesse filme, por incrível que pareça. Polegar, Supla, Angélica, Maria Mariana, Selton Mello e Leonardo Brício eram os estudantes de um colégio particular de elite. Os novos alunos Angélica e Polegar no começo eram discriminados pela panelinha dos antigos alunos mas no decorrer do filme acabam sendo aceitos pelo grupo. O clima de romance adolescente da trama infantil era cortado por clipes musicais (como muitos dos filmes nacionais para o público jovem), e a trama era recheada de clichés. Participação de Gugu Liberato como um dos professores da escola.

6. A Princesa Xuxa e os Trapalhões (1989)

Um filme de aventura que se passava num planeta distante, Xuxa era uma princesa prisioneira em seu palácio que não sabia que Ratan, o governante do reino escravizava as crianças do reino (mais uma vez a participação especial da banda Trem da Alegria). Com a ajuda dos Cavaleiros Trapalhões: o Cavaleiro Sem Nome (Didi), Mussain (Mussum), Dedeon (Dedé) e Zacalig (Zacarias) ela consegue derrotar Ratan e libertar as crianças. Zacarias é protagonista de cenas hilárias como um mágico/inventor cujas invenções nunca funcionam corretamente. Em uma das cenas memoráveis ele tenta escapar por um duto e acaba com a cabeça presa em um vaso sanitário. Um dos últimos filmes antes de sua morte em 1990.

5. Menino Maluquinho, o Filme (1994)

O livro de Ziraldo ganhou uma adaptação fantástica para o cinema em 1994. Gravado em Belo Horizonte, contava com Patrícia Pillar como a mãe do Maluquinho no elenco e foi uma adaptação bastante fiel à obra de Ziraldo. Um dos melhores filmes infantis já produzidos no Brasil, sem qualquer dúvida.

4. Turma da Mônica: A Princesa e o Robô (1983)

Na minha opinião, o melhor dos filmes da Turma da Mônica. A animação conta a história de um robô que disputa vários torneios em busca do amor da princesa mimi. Após vencer o torneio, o robô precisa conseguir um coração de verdade para poder se casar com a princesa. Mas o vilão da história o manda para o planeta terra onde ele encontra a turma da Mônica que decide ajudá-lo em sua aventura. Um clássico.

3. Sonho de Verão (1990)

Sérgio Malandro interpreta um trambiqueiro que decide passar as férias numa mansão de dois passageiros que transportou em seu taxi. Adolescentes que estavam indo para uma colônia de férias acabam aparecendo por engano na porta da mansão e o personagem de Sérgio Malandro se aproveita para despistar os empregados da casa. A casa vira uma zona, no fim a tramóia toda é descoberta, mas a prisão personagem é impedida pela filha dos donos da mansão. Repleta de atos musicais das paquitas e paquitos do Xou da Xuxa e com participações especiais de celebridades como Fausto Silva.

2. Os Trapalhões na terra dos Monstros (1989)

Os trapalhões, Angélica e Conrado se vêem presos dentro de uma caverna na Pedra da Gávea no Rio de Janeiro. Lá eles encontram uma civilização perdida de monstros que os ajudam a voltar para casa. O filme contava com participações especiais de Gugu, Dominó.

1. Lua de Cristal (1990)

Basicamente a história da Cinderela adaptada para um cenário brasileiro. Xuxa sonha em ser cantora e vai morar na casa de sua tia no Rio de Janeiro onde é forçada a fazer trabalhos domésticos e sofre nas mãos de sua prima (interpretada por Júlia Lemmertz). Durante a trama ela se apaixona por um garçom de lanchonete interpretado por Sérgio Mallandro e conquista a amizade de alunos de uma escola de canto (paquitos e paquitas em participação especial). Final trash, porém o filme foi sucesso de bilheteria com quase 5 milhões de espectadores nos cinemas.

Anúncios

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s