Mês: agosto 2014

Os 10 Melhores Quadros e Esquetes de Castelo Rá Tim Bum

A exposição que comemora os vinte anos da criação do seriado Castelo Rá Tim Bum é um sucesso em São Paulo e tem repercurtido bastante pelas mídias sociais. O programa da TV Cultura se tornou um clássico da televisão brasileira e seus quadros entraram para a história da cultura pop nacional. Aqui está uma lista com os dez melhores quadros do programa:

10. Poesias Animadas

Poesias da literatura brasileira ganhavam forma animada neste quadro.

09. Lava a Mão

Arnaldo Antunes criou uma das músicas mais impossíveis de se retirar da cabeça, e que possivelmente causa traumas em milhares de pessoas da geração castelo rá-tim-bum. Lava outra, lava uma. Nãaaaaaaao.

08. Como se faz

Outro quadro com música irritante, dessa vez em forma de sambinha (pagode?) que ilustrava como objetos do cotidiano das crianças eram fabricados.

07. Perônio e Tíbio

Tibio e Perônio realizavam experimentos científicos e davam exemplos a conceitos físicos básicos para as crianças.

06. Enquanto isso no lustre do castelo…

Lara e Lana eram fadas que moravam no lustre do castelo e realizavam brincadeiras infantis.

05. Porque sim não é resposta

Antes de comandar a bancada do CQC, Marcelo Tas interpretava Telekid, um herói moderno que não aceitava sim como resposta e usava seu smartphone para encontrar explicações científicas para fenômenos da natureza antes mesmo do Google ser criado.

04. Histórias da Morgana

Morcego, Ratazana, Baratinha e Companhia, está na hora da feitiçaria. Era assim que começava a esquete da Bruxa Morgana, que contava histórias para sua gralha Adelaide.

03. Mau e Godofredo

Mau era um fantoche teoricamente malvado que ameaçava godofredo de lançar sua gargalhada fatal caso ele ou as crianças não adivinhassem a resposta de uma charada ou trava-lingua. Três trigres é nível hard.

02. Passarinho, que som é esse?

Recentemente uma lenda urbana pós moderna surgiu e se espalhou pela internet de que uma das atrizes do quadro do passarinho era nada mais nada menos do que a Jornalista Sandra Anemberg no começo de carreira. Nessa época Sandra já trabalhava na Rede Globo, apresentando o Fantástico e infelizmente o boato não é verdade. Acharia muito elegante se fosse.

01. Ratinho rockstar

“Meu pé meu querido pé que me aguenta o dia inteiro” – um dos melhores quadros do Castelo, a animação em stop motion que tinha como objetivo promover a higiene de forma divertida entre as crianças tinha o tom e imagem corretos para o público alvo e acabou se tornando um clássico da cultura popular brasileira.

As 10 mulheres que mais venderam edições da Revista Playboy no Brasil

10. Kelly Key: 700.000 edições

Kelly Key

Estampando a capa de Dezembro de 2002, Kelly Key deixou setecentas mil pessoas babando pelo seu ensaio. 

09. Vera Fischer: mais de 700.000 edições

Vera Fischer

Vera Fischer foi capa da Playboy duas vezes, em Agosto de 82 e Janeiro de 2000. A vendagem da edição de 82 não foi encontrada, mas com certeza foram o suficiente para desbancar Kelly Key da nona posição. 

08. Marisa Orth: 836.000 edições

marisa orth

O sucesso do seriado Sai de Baixo levantou a carreira de Marisa Orth, e as pernas da atriz, sempre usando minissaias no papel de Magda, recebiam elogios semanais na mídia. A Playboy acertou em cheio ao convidá-la para estampar a edição de Agosto de 1997.

07. Maitê Proença: 1.191.000 edições

maitê proença

A beleza da Maitê Proença é consistente através das décadas, e as duas edições da playboy cuja capa ela estampou foram sucesso de vendas, em Fevereiro de 87 foram 691 mil edições, e em Agosto de 96 500 mil edições.  

06. Adriane Galisteu: 1.185.000 edições

adriane galisteu

A primeira vez em que posou nua para Playboy em Agosto de 1995, Adriane Galisteu bateu todos os recordes da revista até o momento, vendendo 961.000 edições. A segunda edição, em Agosto de 2011, já no declínio da Playboy, vendeu apenas 224.000 edições.  

05. Sheila Mello: 1.560.000 edições

sheila mello

A nova loira do tchan era linda, e óbvio que a Playboy deixou ela entrar em sua capa. Três vezes na verdade, em Novembro de 98, Janeiro de 2002 e dividindo a capa com a outra Scheila do Tchan, em Setembro de 1999. 

04. Scheila Carvalho: 1.851.000 edições

scheila carvalho

A segunda morena do Tchan foi considerada uma das mulheres mais bonitas na década de 90, e as três vezes em que posou pelada para Playboy foram sucesso de vendas, ficando apenas cem mil edições atrás da sua primeira companheira de palco, Carla Perez. 

03. Carla Perez: 1.951.000 edições

carla perez

É o Tchan estourou nas paradas de sucesso em meados da década de 90, e Carla Perez foi capa da Playboy de Outubro de 96, vendendo 778 mil cópias. A Loira do Tchan voltou a estampar a capa da publicação em Abril de 98 e Dezembro de 2000, totalizando quase dois milhões de revistas vendidas. 

02. Suzana Alves, A Tiazinha: 2.048.000 edições

Suzana Alves

No final dos anos 90, Suzana Alves entrou para a cultura pop dos anos 90, como a personagem mascarada vestindo apenas lingerie que deixava os adolescentes com hormônios em ebulição vidrados na tela da tv, enquanto depilava com cera quente participantes do seu quadro no exinto programa H, de Luciano Huck. Obviamente a primeira Playboy em que posou pelada em Março de 1999 foi recorde de vendas com 1.220.000 cópias vendidas. A segunda Playboy em Março de 2000, onde tirou até a máscara, vendeu 828.000 cópias. 

01. Joana Prado, A Feiticeira: 2.430.000 edições

joana prado

Joana Prado também começou a sua carreira no programa de Luciano Huck, dançando sensualmente ao som de dance music com influencias àrabes. E como a Tiazinha, era óbvio que suas Playboys seriam recorde de venda, e continuam até hoje no topo das edições mais vendidas da revista. A primeira edição em 99 vendeu um milhão e duzentos e cinquenta mil edições, a segunda edição onde despiu até o véu, vendeu 805 mil revistas em Agosto de 2000. 

(Fotos: Divulgação)