Como vereadores e deputados deveriam ser eleitos

Nunca se falou tanto de política no Brasil. Mas você sabe como os deputados e vereadores são eleitos no Brasil hoje em dia? Não, não é apenas o seu voto num candidato específico que faz com que ele seja eleito. O vídeo abaixo explica como funciona na prática, e oferece uma alternativa simples e mais transparente ao sistema atual:

Vale a pena assistir, e ler mais sobre, e apoiar o trabalho do pessoal do eu voto distrital. É uma idéia fundamental para melhorar a forma como os nossos políticos são eleitos e facilitar a participação da população no governo.

10 atrizes e Modelos que tiveram fotos nuas e vídeos intimos expostos na internet

Volta e meia aparecem fotos de atrizes peladas em sites e fóruns da internet. Algumas vezes as fotos ajudam a alavancar carreiras, em outros casos, prejudicam as imagens das celebridades envolvidas. Aqui está uma lista de 10 mulheres que tiveram fotos e vídeos íntimos expostos na internet.

10. Maíra Cardi

maira_cardi

Num video gravado via celular, a ex-BBB aparece fazendo sexo oral em seu ex-marido. O celular teria sido roubado e o vídeo foi ao ar na mesma época em que ela estava confinada na casa do reality show. 

9. Daniella Cicarelli

Daniella_Cicarelli

Cicarelli e seu noivo foram protagonistas de um processo que tirou o Youtube do ar no Brasil. O vídeo onde apareciam fazendo sexo numa praia da espanha foi publicado no site, e Daniela entrou na justiça para retirar o vídeo do ar. 

8. Carolina Dieckmann

Carolina_Dieckmann

O caso das fotos vazadas de Carolina Dieckmann foi o estopim que levou ao governo federal a criação de uma lei (que ficou conhecida como a “lei Carolina Dieckmann) decretando como pena para quem invadir dispositivos eletrônicos alheios detenção de 3 meses a um ano e multa. 

7. Miley Cyrus

_miley_cyrus

Fotos nuas da cantora apareceram na internet no começo do ano, e rumores de um vídeo caseiro dela com o namorado também circularam a internet. Miley Cirus declarou que as fotos eram dela, mas que nunca gravou vídeos íntimos. 

6. Christina Aguilera

christina_aguilera

Fotos picantes da cantora foram divulgadas na internet em 2010. Christina se disse chocada com o ocorrido, mas não deixou sua carreira ser abalada com esse crime. 

5. Kim Kardashian

kim-kardashian

A carreira de Kim Kardashian decolou depois que um vídeo onde aparecia transando com seu namorado vazou na internet. A atual esposa de Kanye West descolou uma carreira em reality shows e se tornou presença constante em tablóides internacionais. 

4. Mary Elizabeth Winstead

mary_elizabeth_winstead

A atriz de filmes de terror teve fotos suas expostas recentemente. Ela declarou em seu twitter se sentir enojada com os hackers que roubaram estas imagens, já que estas fotos haviam sido deletadas anos antes. 

3. Vanessa Hudgens

Vanessa_Anne_Hudgens

A atriz da Disney teve sua carreira manchada quando uma foto onde aparecia pelada vazou na internet. Famosa por fazer papéis infantis de grande sucesso, a publicação da foto tornou difícil para a atriz continuar trabalhando para esse público. 

2. Paris Hilton

Paris_Hilton

Paris era apenas uma adolescente quando seu ex-namorado postou um vídeo erótico que o casal gravou enquanto estavam juntos. Com bastante apoio profissional, Paris driblou a polêmica e conseguiu usar a situação para lançar sua carreira em diversas áreas: fez um reality show, gravou um disco, fez pontas em filmes de terror, lançou produtos e foi garota propaganda de diversas marcas de luxo. 

1. Jennifer Lawrence

jennifer_lawrence

A mais recente atriz a ter suas fotos peladas publicadas online, Jennifer Lawrence criou uma longa discussão nas mídias sociais sobre informações pessoais serem hackeadas e exibidas online. A personalidade e talento da atriz no entanto tornam difíceis que a publicação de suas fotos nuas afetem de forma negativa a sua carreira.  

Os 10 Melhores Quadros e Esquetes de Castelo Rá Tim Bum

A exposição que comemora os vinte anos da criação do seriado Castelo Rá Tim Bum é um sucesso em São Paulo e tem repercurtido bastante pelas mídias sociais. O programa da TV Cultura se tornou um clássico da televisão brasileira e seus quadros entraram para a história da cultura pop nacional. Aqui está uma lista com os dez melhores quadros do programa:

10. Poesias Animadas

Poesias da literatura brasileira ganhavam forma animada neste quadro.

09. Lava a Mão

Arnaldo Antunes criou uma das músicas mais impossíveis de se retirar da cabeça, e que possivelmente causa traumas em milhares de pessoas da geração castelo rá-tim-bum. Lava outra, lava uma. Nãaaaaaaao.

08. Como se faz

Outro quadro com música irritante, dessa vez em forma de sambinha (pagode?) que ilustrava como objetos do cotidiano das crianças eram fabricados.

07. Perônio e Tíbio

Tibio e Perônio realizavam experimentos científicos e davam exemplos a conceitos físicos básicos para as crianças.

06. Enquanto isso no lustre do castelo…

Lara e Lana eram fadas que moravam no lustre do castelo e realizavam brincadeiras infantis.

05. Porque sim não é resposta

Antes de comandar a bancada do CQC, Marcelo Tas interpretava Telekid, um herói moderno que não aceitava sim como resposta e usava seu smartphone para encontrar explicações científicas para fenômenos da natureza antes mesmo do Google ser criado.

04. Histórias da Morgana

Morcego, Ratazana, Baratinha e Companhia, está na hora da feitiçaria. Era assim que começava a esquete da Bruxa Morgana, que contava histórias para sua gralha Adelaide.

03. Mau e Godofredo

Mau era um fantoche teoricamente malvado que ameaçava godofredo de lançar sua gargalhada fatal caso ele ou as crianças não adivinhassem a resposta de uma charada ou trava-lingua. Três trigres é nível hard.

02. Passarinho, que som é esse?

Recentemente uma lenda urbana pós moderna surgiu e se espalhou pela internet de que uma das atrizes do quadro do passarinho era nada mais nada menos do que a Jornalista Sandra Anemberg no começo de carreira. Nessa época Sandra já trabalhava na Rede Globo, apresentando o Fantástico e infelizmente o boato não é verdade. Acharia muito elegante se fosse.

01. Ratinho rockstar

“Meu pé meu querido pé que me aguenta o dia inteiro” – um dos melhores quadros do Castelo, a animação em stop motion que tinha como objetivo promover a higiene de forma divertida entre as crianças tinha o tom e imagem corretos para o público alvo e acabou se tornando um clássico da cultura popular brasileira.

As 10 mulheres que mais venderam edições da Revista Playboy no Brasil

10. Kelly Key: 700.000 edições

Kelly Key

Estampando a capa de Dezembro de 2002, Kelly Key deixou setecentas mil pessoas babando pelo seu ensaio. 

09. Vera Fischer: mais de 700.000 edições

Vera Fischer

Vera Fischer foi capa da Playboy duas vezes, em Agosto de 82 e Janeiro de 2000. A vendagem da edição de 82 não foi encontrada, mas com certeza foram o suficiente para desbancar Kelly Key da nona posição. 

08. Marisa Orth: 836.000 edições

marisa orth

O sucesso do seriado Sai de Baixo levantou a carreira de Marisa Orth, e as pernas da atriz, sempre usando minissaias no papel de Magda, recebiam elogios semanais na mídia. A Playboy acertou em cheio ao convidá-la para estampar a edição de Agosto de 1997.

07. Maitê Proença: 1.191.000 edições

maitê proença

A beleza da Maitê Proença é consistente através das décadas, e as duas edições da playboy cuja capa ela estampou foram sucesso de vendas, em Fevereiro de 87 foram 691 mil edições, e em Agosto de 96 500 mil edições.  

06. Adriane Galisteu: 1.185.000 edições

adriane galisteu

A primeira vez em que posou nua para Playboy em Agosto de 1995, Adriane Galisteu bateu todos os recordes da revista até o momento, vendendo 961.000 edições. A segunda edição, em Agosto de 2011, já no declínio da Playboy, vendeu apenas 224.000 edições.  

05. Sheila Mello: 1.560.000 edições

sheila mello

A nova loira do tchan era linda, e óbvio que a Playboy deixou ela entrar em sua capa. Três vezes na verdade, em Novembro de 98, Janeiro de 2002 e dividindo a capa com a outra Scheila do Tchan, em Setembro de 1999. 

04. Scheila Carvalho: 1.851.000 edições

scheila carvalho

A segunda morena do Tchan foi considerada uma das mulheres mais bonitas na década de 90, e as três vezes em que posou pelada para Playboy foram sucesso de vendas, ficando apenas cem mil edições atrás da sua primeira companheira de palco, Carla Perez. 

03. Carla Perez: 1.951.000 edições

carla perez

É o Tchan estourou nas paradas de sucesso em meados da década de 90, e Carla Perez foi capa da Playboy de Outubro de 96, vendendo 778 mil cópias. A Loira do Tchan voltou a estampar a capa da publicação em Abril de 98 e Dezembro de 2000, totalizando quase dois milhões de revistas vendidas. 

02. Suzana Alves, A Tiazinha: 2.048.000 edições

Suzana Alves

No final dos anos 90, Suzana Alves entrou para a cultura pop dos anos 90, como a personagem mascarada vestindo apenas lingerie que deixava os adolescentes com hormônios em ebulição vidrados na tela da tv, enquanto depilava com cera quente participantes do seu quadro no exinto programa H, de Luciano Huck. Obviamente a primeira Playboy em que posou pelada em Março de 1999 foi recorde de vendas com 1.220.000 cópias vendidas. A segunda Playboy em Março de 2000, onde tirou até a máscara, vendeu 828.000 cópias. 

01. Joana Prado, A Feiticeira: 2.430.000 edições

joana prado

Joana Prado também começou a sua carreira no programa de Luciano Huck, dançando sensualmente ao som de dance music com influencias àrabes. E como a Tiazinha, era óbvio que suas Playboys seriam recorde de venda, e continuam até hoje no topo das edições mais vendidas da revista. A primeira edição em 99 vendeu um milhão e duzentos e cinquenta mil edições, a segunda edição onde despiu até o véu, vendeu 805 mil revistas em Agosto de 2000. 

(Fotos: Divulgação)

Tryvertising – A onda da experimentação

Uma tendência global vem se firmando nos últimos meses: o tryvertising.

Amostras são usadas há decadas por empresas para testar seus produtos, mas esse processo de experimentação está passando por uma rápida evolução. Mais do que nunca, o marketing migra da promoção clássica, para o marketing de experiência. Um dos casos mais conhecidos é o da loja da Apple, que cria um ambiente único para seus consumidores em suas lojas.

O tryvertising é parte dessa tendência. A distribuição de amostras até então era feita de forma pouco segmentada, era difícil calcular quantas das pessoas que ganharam as amostras usariam o produto ou se recomendariam para seus amigos. Atualmente, cada vez mais as empresas buscam “defensores” de suas marcas, para tanto escolhem algumas pessoas do segmento específico do seu produto para experimentá-lo e promovê-lo para amigos.

Esse é o primeiro passo. A nova forma de fazer sampling está ainda mais focada na experiência. De acordo com o site de tendências trendwatching.com, conceito de product placement migrou das telas da TV para a vida real, e as ações de sampling em locais estratégicos estão tendo bons resultados. Esse artigo, mostra como o tryvertising está sendo usado por empresas do segmento automotivo, de alimentos e bebidas, eletrônicos.

Existem inúmeras possibilidades de ações que estimulam os consumidores a experimentar seu produto, seja oferecendo sua bebida em eventos, ou posicionando seu produto em hotéis. A chave do tryvertising é criar uma experiência memorável do seu produto, fazendo com que os consumidores liguem a marca do seu produto ao momento em questão.

O fenômeno está indo além, já existem tryvertising stores, espaços onde os trysumers (clientes dispostos a experimentar produtos) podem escolher amostras e depois preencher um questionário sobre o produto. Na estoultimo, loja de Barcelona, os interessados pagam 5 euros por mês e podem experimentar 5 produtos.

Ainda é cedo pra dizer se esta tendência vai se consolidar ou não, mas seguindo um dos propósitos do tryvertising, não há mal nenhum em experimentar.

Um dia na internet, números

Encontrei via o twitter da Martha Gabriel, uma análise numérica do fluxo de informações que acontece na internet diariamente:

  • O número de e-mails enviados diariamente fica em torno de 210 bilhões.
  • Mais de 3 milhões de imagens são publicadas no Flickr todos os dias.
  • O número de gigabytes de informação processada por celulares diariamente supera 43 bilhões de GB.
  • 700 mil pessoas ingressam no facebook diariamente.
  • 5 milhões de tweets são publicados diariamente, enquanto blogueiros postam 900.000 artigos diariamente.

Minha pergunta no entanto é:  o quanto dessas informações é relevante? Quanta duplicação de conhecimento e até mesmo desinformação está sendo criada diariamente?

É interessante ver os números altos de conteúdo, mas quantidade não é igual a qualidade.

Quando eu penso nos e-mails por exemplo, imagino qual a porcentagem destes era realmente necessária, qual a porcentagem de SPAM e quantos efetivamente são lidos.

Por isso, acredito que nós “prosumers” de conteúdo temos que tomar cuidado, para não transformar essa era da informação numa era de desinformação.

As causas mais frequentes de morte de acordo para sua idade

Encontrei no blog da superinteressante um gráfico que aponta as causas mais comuns de morte segmentadas por idade, sexo e etnia (excluindo acidentes e violência).

A análise dos dados do gráfico é bastante interessante. Enquanto o suicídio é a principal causa de morte até os 24 anos de idade, para os homens essa estatística só deixa de ser a principal causa aos 34 anos de idade.

Já os homens mais velhos são mais propensos a falecer de problemas cardíacos enquanto o câncer é a doença que mais causa mortes entre as mulheres das mesmas faixas etárias.

A pesquisa aponta ainda que a AIDS é a principal causa de morte da população negra entre 25 e 34 anos, independente do sexo.

O grande benefício do gráfico, como os próprios divulgadores apontam, é identificar em qual grupo etário você se encontra, e aplicar hábitos de prevenção à estas doenças.